BID investirá US$1,5 bilhão no maior projeto de inovação de sua história

25/07/2018
BID investirá US$1,5 bilhão no maior projeto de inovação de sua história

Parceria com a Finep beneficiará, entre outros, o Plano de Desenvolvimento e Inovação da Indústria Química (Padiq)

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) repassará, em uma parceria inédita, US$1,5 bilhão à Finep para serem aplicados em projetos de desenvolvimento e inovação em empresas brasileiras, como forma de desenvolver a competitividade industrial do país. O projeto, considerado o maior da instituição financeira em toda sua história, foi aprovada pelo Senado e a previsão é de que os programas da Finep recebam os recursos nos próximos cinco anos. Essa é a primeira vez que Financiadora de Estudos e Projetos receberá um financiamento diretamente do BID.

Do total liberado, US$ 162,2 milhões serão disponibilizados ainda este ano para programas como o Plano de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Inovação do Setor de Mineração e Transformação Mineral (Inova Minera) e o Plano de Desenvolvimento e Inovação da Indústria Química (Padiq). O valor restante será liberado até 2021. Caso as parcelas do total estejam disponíveis antes dos períodos pré-estabelecidos, a Finep será autorizada a adiantar a aplicação do restante dos recursos previstos para os anos seguintes. Serão beneficiados setores como saúde, biocombustíveis, agronegócios, tecnologia da informação e comunicação.

Ao comentar os motivos que levaram o banco a colocar em prática a parceria, Luís Alberto Moreno, presidente do BID, disse durante uma palestra em São Paulo, que o Brasil tem o maior ecossistema de inovação da América Latina e um dos maiores do mundo.

Fundado em 1959, o Banco Interamericano de Desenvolvimento é uma das principais fontes de financiamento de longo prazo para o desenvolvimento econômico, social e institucional da América Latina e do Caribe. Com a parceria, que estava em negociação desde 2017, micro, pequenas e médias empresas de todos os setores também poderão receber recursos. O BID ainda será co-investidor em empresas inovadoras em estágio inicial, oferecendo auxílio com recursos não reembolsáveis e apoio técnico especializado.

Fonte: StartSe

Voltar
Parceiros

Newsletter ABTB